DOZE TESES SOBRE O PLURALISMO SOCIAL

Por Guilherme de Carvalho Apresento aos amigos leitores uma versão atualizada e expandida (2.0) de minhas velhas "doze teses", que publicizei inicialmente em 2014, à época em que a "Política Nacional de Participação Social" veio à luz revelando paupérrimas compreensões da natureza da sociedade civil e do pluralismo. Já preocupado com o problema da relação... Continuar Lendo →

Post Destacado

RENOVANDO OS DIREITOS HUMANOS

Por Mary Ann Glendon e Seth D. KaplanFevereiro de 2019 Tradução: Ana Elisa de Carvalho* Quando Eleanor Roosevelt e um pequeno grupo de pessoas se reuniram sob os auspícios da ONU no início de 1947 para redigir a primeira “declaração internacional de direitos” do mundo, eles não poderiam ter tido grandes esperanças em seus esforços.... Continuar Lendo →

Post Destacado

Eu tenho Esperança!

Não sou utópico. Não tenho ilusões sobre o caráter do mundo e das pessoas, nem tento me convencer de que as coisas não estão tão ruins. Pois as coisas estão mesmo muito ruins. Não sou um otimista irracional, seja do tipo triunfalista-religioso, seja do tipo progressista-secular. Não penso que as coisas darão certo se mantivermos o... Continuar Lendo →

“Cura Gay”: um caso de conflito entre fé e ciência?

No momento mesmo da vitória do Homem sobre a Natureza, encontramos toda a raça humana sujeita a alguns poucos indivíduos, e estes indivíduos sujeitos àquilo que neles mesmos é puramente “natural” – aos seus impulsos irracionais. A Natureza, livre dos valores, controla os Manipuladores e, por intermédio deles, toda a humanidade. A conquista do Homem... Continuar Lendo →

Existe Culto Online?

Reuniões online existem ou são fenômenos ilusórios, falsos, ou virtuais? Me parece evidente que elas existem, e não são meros simulacros. Típicas reuniões online envolvem suficiente simultaneidade temporal, inteligibilidade comunicativa e capacidade variada de engajamento pessoal efetivo, não sendo necessariamente passivas. Elas tem a ontologia de uma reunião. E se reuniões online num sentido genérico... Continuar Lendo →

Tempo e Felicidade: contra o presentismo ateu de André Comte-Sponville

Em meu último artigo na Gazeta do Povo tratei da Modernidade Secular e seu "Expurgo do Tempo", a transformação da experiencia temporal efetuada pela modernidade secular, de modo a viabilizar seu grande projeto moral, centrado no Self. O artigo se baseou na palestra que apresentei, nessa semana, na Conferência Nacional Online 2020 de L'Abri, na... Continuar Lendo →

9. Sobre a minha crítica ao Progressismo Evangélico: Perguntas, Balanço Preliminar e Roteiro de Leituras

Enfatizo, inspirado pelo texto de Efésios 5 e ilustrando minhas esperanças com a imagem de Santo Agostinho, que a Igreja Evangélica precisa muitíssimo, agora, de um profundo encontro com a verdade, e que esse encontro com a luz da verdade pode ser também, para ela, um momento de ressurreição. A verdade clama pelo coração da igreja evangélica.

6. Os evangélicos progressistas e o caso da “cruz de espinal”. Ou: o Novo Bezerro de Ouro

Movimentos liberais progressistas e a esquerda identitária tem empregado de forma cada vez mais frequente representações crucificadas de vítimas sociais (homossexuais, transexuais, mulheres, indígenas, negros e imigrantes, entre outros) em trabalhos artísticos, paradas e manifestações, metamorfoseando a cruz de Cristo como um símbolo do sofrimento das vítimas do sistema e do preconceito. Isso já vinha... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: